[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

A TV por um… Cabo!

Canal Panda - Violência e publicidade

Na televisão por cabo… paga-se para “receber” publicidade!

No canal para os mais pequenos campeia a violência, os medos que se inculcam na “animação” aos mais pequenos, mas também a ardilosa publicidade que os “aprisiona”, em violação do prescreve o Código da Publicidade, no seu artigo 14.

Recordêmo-lo:

“1 - A publicidade especialmente dirigida a menores deve ter sempre em conta a sua vulnerabilidade psicológica, abstendo-se, nomeadamente, de:
a) Incitar directamente os menores, explorando a sua inexperiência ou credulidade, a adquirir um determinado bem ou serviço;
b) Incitar directamente os menores a persuadirem os seus pais ou terceiros a comprarem os
produtos ou serviços em questão;
c) Conter elementos susceptíveis de fazerem perigar a sua integridade física ou moral, bem como a sua saúde ou segurança, nomeadamente através de cenas de pornografia ou do incitamento à violência;
d) Explorar a confiança especial que os menores depositam nos seus pais, tutores ou professores.
2 - Os menores só podem ser intervenientes principais nas mensagens publicitárias em que se verifique existir uma relação directa entre eles e o produto ou serviço veiculado.”

Os alimentos que engordam têm ali espaços, largos espaços de publicidade dirigida ao universo-alvo dos mais pequenos.
À atenção da Direcção-Geral do Consumidor.

Sem comentários: