[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Autoclismos vão ter selo com classificação

Sistema de classificação, semelhante ao dos electrodomésticos, será de aplicação voluntária mas tem já a adesão de várias marcas

Os consumidores portugueses vão poder conhecer a eficiência dos autoclismos que adquirem, a partir de 15 de Novembro, quando começar a ser aplicado em grande parte dos modelos um sistema de classificação semelhante ao dos electrodomésticos.
O sistema de classificação foi desenvolvido pela Associação Nacional para a Qualidade das Instalações Prediais (ANQIP), em parceria com universidades e empresas do sector e, ao contrário do que acontece com os electrodomésticos, será de aplicação voluntária, indicou fonte da ANQIP.
A classificação começará a ser aplicada pelas marcas Geberit, Olivera&Irmão, Valadares, Tiba e Sanitop, que representam cerca de 50 por cento do mercado e que vão firmar hoje um protocolo com a ANQIP.
Assim, os autoclismos daquelas passam a exibir um selo com a classificação, que vai de A++ a D e que fornecerá ao consumidor informações sobre o grau de eficiência do aparelho, do ponto de vista hídrico.

«O autoclismo mais eficiente é aquele que cumpre a sua função utilizando o menor volume de água possível», explicou Carla Rodrigues, da ANQIP, em declarações à agência Lusa. De acordo com a técnica, a opção que maior poupança de água conseguirá é o do autoclismo A++, de descarga dupla ou interrompida - modelo que permite dois tipos de descarga diferentes - e que utiliza apenas quatro litros, contra os 7 a 9 litros, em média, de um aparelho normal. A ANQIP vai, numa segunda fase, alargar a classificação a torneiras e fluxómetros - aparelhos de fornecimento de água utilizados em pecuária

in: Os Classificados - Diário de Aveiro - 29 Outubro 2008


Por: Jorge Frota

Sem comentários: