[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

T-shirt que avalia sinais vitais aguarda certificação médica

in "Diário de Aveiro" - 23-02-2009

Empresa nascida na Universidade de Aveiro espera vender, este ano, 10 mil unidades da t-shirt que avalia e armazena os sinais vitais
Colocada oficialmente no mercado em Outubro do ano passado, através de alguns ginásios e das vendas on-line, a t-shirt Vital Jacket aguarda agora a certificação médica. Esta classificação significa o reconhecimento da Vital Jacket da peça de vestuário enquanto dispositivo médico que pode ser adquirido nos hospitais.
A abertura deste novo segmento de mercado, juntamente com a expansão para o mercado internacional e o lançamento de novas versões do produto, levam Biodevices, empresa spin-off da Universidade de Aveiro que criou e comercializa a t-shirt, a estimar a venda de 10 mil unidades durante este ano e atingir uma facturação de cerca de dois milhões de euros.
Trata-se de um sistema de monitorização de sinais vitais embebido na roupa que junta a componente têxtil com micro electrónica. A Vital Jacket permite adquirir, armazenar e analisar, on-line e offline, vários sinais fisiológicos como o electrocardiograma, a frequência cardíaca, a respiração, a saturação de oxigénio, a actividade, a postura e a temperatura corporal. Os sinais obtidos são enviados para análise em tempo real para um PDA., através de bluetooth, ou gravados para análise posterior.
O sistema pode ainda ser complementado com outros equipamentos, como uma balança digital, um dispensador de medicamentos ou um medidor de pressão sanguínea, especialmente adequados a idosos que precisem te uma monitorização constante.
Este sistema foi já testado com sucesso em ambiente real no Hospital S. Sebastião em Santa Maria da Feira.
A Vital Jacket é produzida pela Petratex, empresa têxtil inovadora, conhecida por ter desenvolvido o fato de natação utilizado por Michael Phelps nos Jogos Olímpicos de Pequim.
Luís Meireles, administrador da Biodevices, disse recentemente ao jornal Diário de Notícias que já se encontra em produção o modelo mais recente, com GPS integrado, mas que ainda não se encontra no mercado nem tem preço estabelecido. O modelo que existe actualmente custa 330 euros mais Iva.
Ao mesmo jornal luís Meireles revelou ainda que a empresa para este ano, um plano de investimentos de, no mínimo, meio milhão de euros, e lamentou a excessiva burocracia associada aos apoios comunitários. A Biodevices viu aprovada, em Maio do ano passado, uma candidatura ao QREN para um apoio de 700 mil euros, mas as verbas ainda não chegaram. "É pena, num ano em que as candidaturas foram aprovadas em período recorde, que a situação acabe bloqueada na recta final. O certo é que estamos a pagar juros dos empréstimos, quando já deveríamos ter recebido o dinheiro. Em tempos de crise, é complicado", disse, àquele jornal.

Publicado por: Jorge Frota

Sem comentários: