[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Opinião: Substituição tributária para produtos eletroeletrônicos

por: Reseller Web* - 26.05.2009

A partir de 1º de junho passa a vigorar o regime de substituição tributária, com retenção antecipada do ICMS no Estado de São Paulo

Segundo o Decreto nº. 54.338, de 15.05.2009, baixado pelo Governador José Serra, a partir de 1º de junho passa a vigorar o regime de substituição tributária, com retenção antecipada do ICMS nas operações de produtos eletrônicos, eletroeletrônicos e eletrodomésticos no Estado de São Paulo. Tal medida certamente modificará a "engenharia tributária" em toda cadeia de comercialização destes produtos.
A adoção do regime de substituição tributária, que resumidamente pode ser definido como o pagamento antecipado do ICMS no início da cadeia produtiva, há cerca de um ano e meio vem sendo ampliada, com a inclusão de novos produtos que passarão a ser tributados por este sistema.
O argumento do Estado é que taxando os produtos no início da cadeia, aumenta-se tanto a arrecadação como o seu poder fiscalizador, trazendo, como conseqüência, um benefício social em vista do equilíbrio contributivo.
Porém, o que a Administração Pública esquece de dizer é que o sistema de cálculo da substituição é muito complexo, onerando principalmente os pequenos empresários, pois exige um maior controle fiscal das operações realizadas. Isto sem mencionar as distorções ocorridas por conta da base de cálculo estipulada unilateralmente pelo Estado e que, normalmente, não levam em conta elementos nem setoriais nem sazonais.
Tal fato decorre do método de substituição escolhido por São Paulo, a denominada "substituição para frente". Neste sistema, o tributo relativo aos fatos geradores que deverão ocorrer posteriormente é arrecadado de maneira antecipada, sobre uma base de cálculo presumida e não pelo preço de venda efetivo do produto. Assim, a indústria que produz e vende determinado produto recolhe o ICMS devido por ele mesmo e também o que seria devido pelo distribuidor e varejista. A base de cálculo de cada produto é divulgada, ou presumida, por ato unilateral do Estado, fundada em critérios definidos em lei. Na prática ocorre a substituição da responsabilidade pelo recolhimento do tributo. O substituto tributário paga o tributo devido pela operação do substituído.
É fato inquestionável que o pagamento antecipado do ICMS, com uma base de cálculo presumida pelo agente arrecadador, encarecerá a operação para os atacadistas e, consequentemente, para os varejistas no que concerne aos produtos fabricados e comercializados dentro do Estado de São Paulo, fazendo com que exista uma migração de negócios para Estados que não têm este tipo de Tributação - apesar de existir previsão do recolhimento da diferença de ICMS nestas hipóteses. Contudo, como a fiscalização não é eficaz nas rodovias que fazem fronteira com o Estado de São Paulo, a diferença do ICMS mais a substituição tributária não são recolhidas pelos comerciantes, o que desequilibra a carga fiscal das operações interestaduais. Deve ser lembrado que neste tipo de operação o comerciante paulista que adquirir mercadorias para revenda de fornecedor localizado em outro Estado deverá fazer o cálculo de substituição tributária do ICMS que o fornecedor faria caso fosse obrigado, efetuando o recolhimento antecipado quando da entrada da mercadoria em seu estabelecimento.
Desta forma, não há como concordar com o argumento do Estado de que a substituição tributária simplifica a obrigação tributária e desonera o produto. Salvo melhor juízo, ocorre exatamente o oposto, já que tal método de arrecadação exige um maior controle fiscal por parte do contribuinte, além da existência de obrigações acessórias adicionais, como exigir do contribuinte paulista sua inscrição nos demais Estados como "substituto tributário". Parece-nos que a substituição tributária tão somente antecipa o recolhimento e facilita a fiscalização e em nada ajuda o contribuinte e, em última análise, o consumidor final.

*Luis Carlos Massoco é advogado, especialista em Direito do Consumidor e Empresarial. Presidente da Comissão de Direito na Sociedade da Informação da OAB-SP.


Publicado por: Jorge Frota

4 comentários:

oakleyses disse...

burberry outlet, nike shoes, oakley sunglasses cheap, gucci outlet, michael kors outlet, ray ban sunglasses, coach factory outlet, tiffany and co, tory burch outlet, longchamp handbags, prada handbags, christian louboutin, coach outlet store online, kate spade outlet, tiffany and co, kate spade handbags, ray ban sunglasses, longchamp handbags, polo ralph lauren outlet, louboutin shoes, burberry outlet, nike free, polo ralph lauren, oakley sunglasses, rolex watches, coach outlet, louboutin, air max, michael kors outlet, oakley sunglasses, longchamp outlet, michael kors outlet online sale, michael kors outlet, michael kors outlet, chanel handbags, michael kors outlet, jordan shoes, prada outlet, louboutin outlet, air max

oakleyses disse...

longchamp, nike blazer, nike roshe run pas cher, north face, mulberry, michael kors, nike air force, true religion jeans, converse pas cher, nike tn, true religion jeans, hogan outlet, vanessa bruno, hollister, true religion outlet, coach purses, new balance pas cher, timberland, vans pas cher, michael kors pas cher, true religion outlet, ralph lauren, polo ralph lauren, sac burberry, lululemon outlet online, michael kors uk, hollister, north face, air max, sac guess, ray ban sunglasses, louboutin, oakley pas cher, air max pas cher, nike free pas cher, sac hermes, air jordan, sac longchamp pas cher, polo lacoste, ray ban pas cher

oakleyses disse...

nike trainers, babyliss pro, chi flat iron, soccer jerseys, north face jackets, nike roshe, nike huaraches, wedding dresses, herve leger, beats by dre, birkin bag, celine handbags, nike roshe run, nike free, reebok outlet, nike air max, mac cosmetics, vans shoes, longchamp, valentino shoes, mcm handbags, nfl jerseys, soccer shoes, lululemon outlet, bottega veneta, abercrombie and fitch, jimmy choo outlet, new balance shoes, p90x, insanity workout, air max, ferragamo shoes, abercrombie and fitch, hollister, mont blanc, north face outlet, ghd, asics running shoes, giuseppe zanotti, instyler

oakleyses disse...

marc jacobs, swarovski crystal, ralph lauren, sac lancel, baseball bats, oakley, thomas sabo, pandora jewelry, vans, coach outlet store online, louboutin, toms shoes, juicy couture outlet, juicy couture, hollister, links of london, pandora charms, air max, montre homme, supra shoes, air max, rolex watches, iphone 6 cases, converse, hollister clothing store, converse shoes, karen millen, gucci, swarovski, ray ban, timberland boots, pandora charms, wedding dresses, abercrombie