[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Confraria quer certificar pão tradicional alentejano

in Jornal “Público” - 30.Nov.2010

Pão vai ter “selo de qualidade”
A Confraria Gastronómica do Alentejo (CGA) está a desenvolver um projecto para a certificação do pão tradicional da região, como forma de preservar a sua “tipicidade e notoriedade” e impedir que o consumidor compre “gato por lebre”.
Através da certificação, queremos manter a tipicidade e notoriedade do pão alentejano, conceituado em todo o país, mas que anda muito maltratado, sobretudo pelas grandes superfícies”, explicou Manuel Fialho, presidente da Confraria Gastronómica do Alentejo, citado pela agência Lusa.
Segundo o mesmo responsável, o pão tradicional alentejano, um dos pilares da gastronomia da região, deve ser “protegido pelo processo de certificação” para que “o consumidor não seja enganado”.
Os produtores que respeitem as especificações do fabrico deste tipo de pão vão ter um ‘selo de qualidade’, que vai impedir que todos os outros que não sigam as regras possam vender ‘gato por lebre’”, frisou.
A certificação do pão alentejano é um dos principais projectos do plano de actividades para 2011 da Confraria Gastronómica do Alentejo, criada em 1994.
O pão é fundamental na gastronomia alentejana e já estamos a trabalhar nesse processo, em parceria com uma entidade certificadora. O objectivo é avançarmos com a certificação, na prática, no próximo ano”, revelou Manuel Fialho. O projecto envolve a elaboração de um caderno de especificações, onde vão estar definidos aspectos como os ingredientes, nomeadamente qual o tipo de trigo utilizado, ou o modo de fabrico.

Sem comentários: