[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Portugal tem mais de 116 mil casas de habitação social

in Lusa/ SOL” - 30.Nov.2010

Portugal tem mais de 116 mil casas de habitação social, sobretudo nas regiões de Lisboa e do Norte, indicam dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) hoje divulgados.

Segundo os valores divulgados nos anuários estatísticos regionais de 2009, o ano passado foram registados 1 983 bairros sociais em Portugal, com 116 386 fogos, dos quais mais de 3 600 disponíveis para arrendamento e mais de 800 para venda.
Na análise do número de fogos de habitação social por mil habitantes, evidenciam-se os municípios do Grande Porto e da Região Autónoma da Madeira com os valores mais elevados.
Os municípios que registam maior número de fogos por mil habitantes eram o Porto (67,2), Santana (60,5), Alter do Chão (55,6) e Lisboa (51,3).
Em termos globais, o município do Porto tinha no final do ano passado 14 159 fogos de habitação social, dos quais 111 para venda e 684 disponíveis para arrendamento, Santana conta com 496 casas de habitação social (apenas cinco disponíveis para arrendar), Alter do Chão tem 187 destes fogos e Lisboa 24 610, dos quais 689 disponíveis para arrendar e oito para venda.
Os anuários estatísticos regionais do INE indicam ainda que dos 116 386 casas de habitação social existentes no final do ano passado, 7 361 sofreram obras de requalificação no último ano.
Dados divulgados em Julho pelo INE indicavam que a habitação social de propriedade municipal era uma realidade em 246 autarquias, havendo mais de 60 sem qualquer casa de habitação social.
Os mesmos dados davam conta de que durante o ano de 2009 os municípios portugueses fizeram obras de conservação em 2252 edifícios (mais de 10 por cento do total) e reabilitaram 6636 (6,8 por cento do total).

Sem comentários: