[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Septuagenário foi burlado e ficou sem todas as poupanças

por: Paula Rocha
inJN” – 28.Nov.2010

Um homem, de 76 anos, residente no lugar de Ponte de Vagos, foi ontem burlado por dois indivíduos que se fizeram passar por funcionários da Segurança Social e conseguiram fugir com quase nove mil euros em dinheiro. A situação ocorreu por volta do meio-dia, quando a vítima se encontrava sozinha em casa com a esposa.
De acordo com Ismerinda Jesus, cunhada da vítima, o casal guardava todas as poupanças em casa, "com medo de um dia lhes dar alguma coisa e de precisarem de ter o dinheiro para ir a um médico". "Agora ficaram sem nada", lamenta.
Ismerinda não estava com o cunhado e a irmã na hora em que os dois homens os abordaram e quando chegou "eles já tinham fugido nos carros". "A minha irmã estava a chorar e contou-me que um dos homens ficou a falar com ela e não a deixou ir ter com o marido. Foi nessa altura que ele lhes deu o dinheiro todo", acrescentou.
A cunhada da vítima contou ainda que esta não é a primeira vez que o homem é enganado. Na altura do feriado do dia 1 de Novembro, "um homem bem vestido e arranjado, meteu conversa com ele no cemitério e com seguiu levar todo o dinheiro que ele tinha no bolso, 180 euros".
Segundo fonte da GNR, os familiares da vítima, que fizeram queixa no posto de Vagos, ainda terão tirado as matrículas das duas viaturas, na esperança de que os burlões fossem identificados. Contudo, as autoridades vieram a verificar que se tratava de matrículas falsas, pois não correspondiam nem ao modelo nem à marca.

Sem comentários: