[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Resultados do 10.º Painel de Avaliação dos Mercados de Consumo

 
 



Resultados do 10.º Painel de Avaliação dos Mercados de Consumo


Foram hoje anunciados pela Comissão Europeia os resultados do 10.º Painel de Avaliação dos Mercados de Consumo.

O Painel de Avaliação dos Mercados de Consumo acompanha o desempenho de 52 mercados de consumo, que vão desde os veículos usados ao alojamento turístico. Os mercados são classificados pelos consumidores no âmbito de um inquérito realizado à escala da União Europeia, com base em 4 indicadores: comparabilidade das ofertas, confiança nas empresas, problemas e queixas, e satisfação com as empresas. 

Principais conclusões:
·      O desempenho do mercado está a melhorar: A avaliação global do desempenho em todos os mercados e países revela melhorias ligeiras entre 2012 e 2013. Esta situação indica uma continuação da  tendência observada desde 2010, ainda que haja diferenças consoante os mercados e os países.
·      Os mercados de bens funcionam consideravelmente melhor do que os dos serviços, ainda que a diferença esteja a reduzir-se. Em comparação com 2012, alguns dos mercados com os piores desempenhos, como o dos combustíveis e o dos serviços ferroviários, foram os que maiores progressos registaram.
·      Os serviços bancários continuam a ser o setor mais problemático, com os produtos de investimento e os empréstimos hipotecários nos últimos lugares da classificação e muito abaixo da média do setor dos serviços.
·      Os mercados das telecomunicações estão abaixo da média, com resultados muito inferiores no que se refere à confiança, à escolha de fornecedores e à satisfação geral do consumidor, registando a maior incidência de problemas e queixas de todos os grupos do mercado. Pela positiva, os indicadores da comparabilidade e da facilidade em mudar de fornecedor registam valores acima da média e as taxas de mudança são as mais elevadas para todos os grupos do mercado.
·      Os serviços públicos, em especial o fornecimento de eletricidade e gás, também são classificados abaixo da média pelos consumidores. Não obstante recentes melhorias, os mercados dos serviços públicos continuam a registar maus resultados em termos de comparabilidade das ofertas, escolha dos operadores, facilidade de mudar de fornecedor e mudança efetiva.
·      Os mercados dos veículos usados e dos combustíveis continuam a registar maus resultados, com classificações muito abaixo da média. 

As Principais conclusões do estudo sobre Portugal

O Estudo permite ver como funciona o mercado interno em termos globais, bem como o mercado de cada EM no que respeita à aquisição de produtos e na prestação de serviços a consumidores.
Relativamente ao nosso país, verifica-se que a pontuação geral de Portugal se manteve praticamente estável relativamente a 2012, com uma ligeira queda de 0,2 pontos em relação ao ano anterior.
No geral, os três melhores mercados de produtos em Portugal são, “Livros, revistas e jornais; Pão, cereais, arroz e massas, e Produtos lácteos”. Os três piores mercados de produtos são a “venda de Carros de segunda mão; Combustíveis, e venda de Carros novos”.
Analisados individualmente, as maiores subidas nos resultados verifica-se nos mercados dos produtos lácteos e nos mercados do pão, cereais, arroz e massas. Os mercados com maior queda nos desempenhos ocorreram nos mercados das bebidas alcoólicas, produtos de entretenimento e carros em segunda mão.
Os mercados de frutas e legumes e roupas e o mercado de calçado são os mercados melhor avaliados em Portugal em comparação com a média da EU.
Os três melhores mercados de serviços são os serviços de cuidados pessoais, cultura e entretenimento e de alojamento de férias. Ao invés, os três piores mercados de serviços são o crédito hipotecário, serviços de energia elétrica, crédito e cartões de crédito.
Por último, refere-se que os mercados de televisão por subscrição, de crédito e de cartões de crédito e os mercados de crédito hipotecário mostram as pontuações mais baixas em comparação com os resultados totais dos outros EM.




A Direção-Geral do Consumidor

Sem comentários: