[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quinta-feira, 9 de março de 2017

ANAC aprova maioria das taxas propostas pela ANA para 2017



Entidade reguladora da aviação civil ainda está a analisar a proposta de aumento das taxas de serviço aos passageiros, de serviço a passageiros de mobilidade reduzida e de segurança.

acordo_aeoporto_montijo_ana_vinci

A ANAC – Autoridade Nacional de Aviação Civil aprovou oito das 11 taxas aeroportuárias propostas pela ANA – Aeroportos de Portugal. 

O Jornal Económico sabe que, segundo um comunicado da gestora aeroportuária nacional controlada pelo grupo francês, o órgão regulador da aviação civil “aprovou nos exatos termos propostos pela ANA, para 2017, em todos os aeroportos da rede, as taxas de aterragem, estacionamento, abrigo, abertura de aeródromo, taxas de assistência em escala regulada (assistência a passageiros/balcões de ‘check-in e assistência a bagagem), bem como as taxas de CUPPS (Common Use Processing Passenger System), CUSS (Common Use Self-Service) e BRS (Baggage Reconcicliation Sysytem). 

Segundo o referido comunicado da Ana, “os valores agora aprovados pelo regulador e referentes ao ano de 2017, constantes das tabelas das taxas reguladas (…), entrarão em vigor a 09.03.17”, ou seja, hoje mesmo, com incidência a partir de 1 de janeiro.

O mesmo documento acrescenta que “encontra-se em análise pela Autoridade Reguladora a proposta de actualização das taxas de serviço aos passageiros, de serviço a passageiros de mobilidade reduzida e de segurança”.
(...)

Sem comentários: