[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

sexta-feira, 17 de março de 2017

Atividade e clima económicos aumentaram no início do ano em Portugal

Na zona euro, registou-se uma estabilização do indicador de confiança dos consumidores e uma recuperação do indicador de sentimento económico, segundo dados do INE.

David Paul Morris/Bloomberg
 
A atividade económica e o clima económico subiram em Portugal no início do ano, enquanto na Europa a tendência é de estabilização, segundo dados divulgados esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE). Em fevereiro, registou-se um aumento do indicador de clima económico, o mesmo que aconteceu em janeiro com o indicador de atividade económica. 

O indicador quantitativo do consumo privado estabilizou em janeiro, “refletindo um contributo positivo menos expressivo da componente de consumo corrente e um contributo mais intenso da componente de consumo duradouro”, segundo o relatório do INE. O indicador de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) aumentou em janeiro devido ao comportamento de todas as componentes, com destaque para a construção. 

No primeiro mês do ano, as exportações e importações de bens apresentaram variações homólogas de 12,9% e 14,3% em termos nominais, respetivamente. A variação compara com aumentos de 5% e 6,4% em dezembro. O volume de negócios e a produção da indústria aceleraram em janeiro, verificando-se uma aceleração do respetivo índice de preços.

O índice de volume de negócios dos serviços cresceu em janeiro, enquanto o índice de produção da construção e obras públicas registou uma taxa de variação homóloga positiva. De referir que em janeiro a atividade económica foi positivamente influenciada por um efeito de dias úteis, verificando-se dois dias úteis adicionais comparativamente com igual mês de 2016.
 
(...)

Sem comentários: