[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

segunda-feira, 6 de março de 2017

Mário Frota: “O poder tem razões que a própria razão desconhece”

RUCemissão online

6/03/17



O convidado do Alvorada, 06, foi o presidente da Associação Portuguesa de Direito do Consumo (APDC), Mário Frota. 


Foi aprovado na passada sexta-feira a obrigatoriedade de todas as cantinas públicas do país possuírem um prato vegetariano na ementa. A lei deve entrar em vigor no prazo de dois meses. A lei prevê ainda que sejam elaboradas fichas técnicas das refeições, e capitações (distribuição de porções) das mesmas nos refeitórios e cantinas de escolas e universidades, hospitais, estabelecimentos prisionais, lares, autarquias e serviços sociais da administração pública. O comentador realça a importância sobre esta medida.
 






O programa Qualifica é uma iniciativa destinada a formação de adultos e pretende abranger cerca de 600 mil pessoas até 2020. O programa é uma estratégia do governo para recuperar a educação de adultos, na sequência da interrupção do programa Novas Oportunidades, criado durante a governação socialista de José Sócrates. Até o final deste ano o governo pretende instalar cerca de 300 centros Qualifica por todo o país. Mário Frota sublinha a importância deste programa.
 






Ontem o filme “Estilhaços” do cineasta português José Miguel Ribeiro recebeu o prémio da imprensa para Melhor curta-metragem no Anima, Festival de Cinema de Animação de Bruxelas. Recentemente também outro cineasta português foi laureado com um prémio no âmbito do cinema. O filme “Cidade Pequena”, de Diogo Costa Amarante, foi distinguido com o Urso de Ouro para melhor curta-metragem no Festival de Cinema de Berlim. O comentador realça a importância destes prémios para o cenário cultural do país.
 






O presidente Donald Trump acusou seu antecessor, Barack Obama, de ter colocado os telefones de seu escritório na Trump Tower sob escutas antes das eleições. A acusação foi feita por uma postagem no Twitter na qual o presidente não explica os factos no qual se baseou para a mesma. Mário Frota comenta sobre a repercussão desta acusação.








Durante o Alvorada foram tratados temas como a comemoração do mês do consumidor e também sobre a legitimação das praxes por parte das Universidades. Teve tempo ainda para a rubrica Foyer de Ana Moraes.

O programa pode ser ouvido na integra aqui.

Fabíola Pretel

Sem comentários: