[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quarta-feira, 8 de março de 2017

Portugal tem a menor taxa de fertilidade da União Europeia


Notícias

| País
|

Portugal é o país da União Europeia com a taxa de fertilidade mais baixa e ainda aquele onde se regista o menor número de nascimentos nos anos entre 2001 e 2015.

Nos últimos 15 anos o número de crianças nascidas em Portugal desceu de 112.774 para 85.500, segundo os dados divulgados pelo Eurostat esta quarta-feira.

Com uma queda de 24,2 por cento, Portugal é assim o país da União Europeia (UE) com a maior quebra na natalidade entre 2001 e 2015.

Mas este cenário não se verifica apenas em Portugal. Na Holanda (-15,8 por cento), na Dinamarca (-11,1 por cento), na Roménia (-10,4 por cento) e na Grécia (-10,2 por cento) o número de nascimentos também diminuiu.

Já a Suécia, ocupa o primeiro lugar da tabela, foi o país com a maior subida da taxa de natalidade e registou mais de 114 mil nascimentos em 2015 face aos 90 mil de 2001. A República Checa e a Eslovénia também acompanham o ritmo de subida do número de nascimentos durante estes anos.

(...)

Sem comentários: