[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quarta-feira, 15 de março de 2017

Regulador impõe regras aos comercializadores de luz e gás


Energia 
 
por: Cátia Simões
 
 15.03.2017
 
 
 
 ERSE avança com várias recomendações sobre as ofertas adicionais dos comercializadores nos serviços de eletricidade e gás natural 
  Leilão integra gás e eletricidade
 
O regulador do setor energético recomenda aos comercializadores de eletricidade e gás natural que tenham um registo das ofertas de serviços adicionais que disponibilizam, para cumprir as normas mais exigentes de informação ao consumidor. 
 
A recomendação, que surge no âmbito da comemoração do Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, refere-se a produtos que abrangem atualmente cerca de 300 mil consumidores. 
 
Os comercializadores apresentam atualmente na sua oferta comercial vários produtos e serviços que “não integram estritamente o serviço de fornecimento de energia (eletricidade, gás natural, ou dual – eletricidade e gás natural)”, o que é habitualmente designado de serviços adicionais. 
 
Segundo a ERSE, “esta prática comercial tem vindo a ganhar expressão ao longo dos últimos dois anos. De acordo com os dados recolhidos pela ERSE ao longo de 2016, no final de 2015 existiam cerca de 200 mil clientes abrangidos por este tipo de serviços, número que se situava acima dos 260 mil no final de outubro de 2016 e que estará, atualmente, em cerca de 300 mil”. 
 
(...)

Sem comentários: