[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

segunda-feira, 6 de março de 2017

Suécia usa o método mais estranho do mundo para reciclar lixo

Segunda-feira, Março 6, 2017


Ser “verde” exige ter força de vontade e, às vezes, até mesmo um bom estômago. Pelo menos é isso que acontece na Suécia, que parece ser pioneira nesta área, mas que usa um método muito estranho para reciclar restos de comida.

YRIOU / Flickr
-
Um aviso para os mais sensíveis: este artigo fala sobre larvas e lixo.

Um estudo da Universidade Agrícola de Uppsala, na Suécia, revelou que a transformação de resíduos alimentares em comida para animais, com recurso à utilização de larvas, traz uma série de vantagens em comparação com outros métodos de reciclagem.

Este projeto recebeu recentemente financiamento para a construção de uma fábrica experimental na cidade sueca de Eskilstuna, onde milhões de larvas famintas vão comer pelo menos uma tonelada de lixo por dia.

“É como ficar com o santo e com a esmola. Estamos prontos para substituir a alimentação nociva para a ecologia e, como bónus, ganhar mais ao gerir o lixo”, disse à Sveriges Radio Bjorn Vinneras, professor da Universidade Agrícola de Uppsala.

“Para atingir o nível de consumo de uma tonelada, precisamos aproximadamente de meio milhão de larvas por dia“, observou.
(...)

Sem comentários: