[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Cinco médicos acusados na morte de jovem de 19 anos com tumor na cabeça


-
Sara Daniela Moreira, natural de Recarei, em Paredes, morreu em 2013, devido a um tumor cerebral que não foi diagnosticado nas 11 idas às Urgências do Hospital Padre Américo.

O Ministério Público (MP) avança agora, com a acusação contra cinco dos médicos que a atenderam naquela unidade por crimes de violação das “leges artis, considerando que os clínicos não cumpriram os procedimentos correctos e mais adequados, conforme reporta o Jornal de Notícias (JN).

A jovem começou a sentir fortes dores de cabeça em 2010, e gradualmente, a sua saúde piorou, passando a sentir vómitos e incontinência, acabando por falecer em 2013, dois dias depois de ter ido, mais uma vez, às Urgências.

“Sara Daniela foi examinada repetidamente pelos arguidos, sem que nunca, porém, qualquer um dos médicos que a examinou tenha, de acordo com os conhecimentos da Medicina e com os cuidados e diligências a que estava obrigado, sequer ordenado a realização de exames complementares de diagnóstico adequados”, considera o MP, conforme cita o JN.

(...)

Sem comentários: