[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Frio contra a diabetes? Temperaturas mais baixas em casa ou no emprego igualam efeito de melhores medicamentos

Ambientes interiores mais frios revelaram ser um grande contributo para o controlo da diabetes de tipo 2

ELMER MARTINEZ/ Getty Images
Baixar o termostato para a temperatura dentro de casa ficar entre os 15 e os 19 graus pode parecer desconfortável, mas os benefícios anunciados por cientistas do Centro Médico da Universidade de Maastricht, na Holanda, compensam o sacrifício.

Os investigadores recomendam que a temperatura das casas, que durante o inverno, com aquecimento, ronda os 21°C, seja mantida entre os 15 e os 19°C, durante algumas horas por dia.

Um grupo de diabéticos de tipo 2 foi convidado a realizar essa alteração durante 10 dias e os resultados foram surpreedentes: a sensibilidade à insulina aumentou mais de 40%, um resultado comparável ao que conseguem os melhores medicamentos atualmente disponíveis.

"Esta investigação indica que o frio moderado e a variação de temperatura podem ter um efeito positivo na nossa saúde e serem, ao mesmo tempo, aceitáveis ou até mesmo serem agradáveis", explica Wouter van Marken Lichtenbelt, professor de Energia Ecológica e Saúde na Universidade de Maastricht, citado pelo The Telegraph.
(...)

Sem comentários: