[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Portugueses são cada vez menos. Há 8 anos que há mais mortes que nascimentos



SAPO Lifestyle
A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados do INE. 
 
créditos: Lusa
 
Segundo as “Estatísticas Vitais”, do Instituto Nacional de Estatística, no ano passado nasceram com vida 87.126 crianças, o que representa um aumento de 1,9% (1.626 crianças) face a 2015, ainda que mais atenuado do que o observado no ano anterior (3,8%).

Para o abrandamento do ritmo de crescimento do número de nados-vivos verificado em 2016 contribuiu a variação negativa nos meses de setembro (-0,7%), novembro (-0,9%) e dezembro (-4,4%), face aos mesmos meses de 2015, explica o INE.

De acordo com os dados, nasceram mais meninos do que meninas em 2016, 44.789 e 42.337, respetivamente.

O número de mortes também aumentou no ano passado, totalizando 110.535, mais 1,8% relativamente a 2015 (108.539). “Da conjugação dos valores registados de nados-vivos e óbitos em 2016 resulta, pelo oitavo ano consecutivo, um saldo natural negativo de -23.409, acentuando-se ligeiramente face ao verificado em 2015 (-23.011)”, sublinha o INE.

Aumento da mortalidade na infância
(...)

Sem comentários: