[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Ritmo de consumo anual dos portugueses gera 453 quilos de lixo por pessoa

Ouvir Emissão






 
Paulino Coelho
 
O Mundo em Três Dimensões

por:  André Rodrigues
26.Abr.2017

Os dados mais recentes, disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), são de 2014 e revelam que, nesse ano, Portugal produziu mais de quatro milhões e setencentas mil toneladas de resíduos. Só que mais de metade foram parar a aterros sanitários. Apenas 48% do lixo produzido foi para reciclagem. 
 
Arquivo

O que significa que 52% dos portugueses preferem não se deslocar – por vezes – meia dúzia de metros da porta de casa até ao ecoponto mais próximo para depositar os resíduos que produzem. 

E nesses incluem-se as caixas de cartão, o papel, as embalagens de plástico, as garrafas de vidro e as pilhas. Ao todo, 640 mil toneladas de lixo que podem chegar às 760 mil se somarmos os resíduos orgânicos - simplificando, restos de comida, por exemplo. 

O periodo anterior à troika coincidiu com mais produção de resíduos, sobretudo impulsionada pelo consumo. Em 2009, foram produzidos cinco mil e quinhentos milhões de toneladas de resíduos a uma média de 520 quilos por português. 

Daí em diante foi sempre a descer até 2014, o primeiro ano em que se registou uma ligeira melhoria nos índices de consumo. 
(...)

Sem comentários: