[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quarta-feira, 26 de abril de 2017

UE pronta para itinerância gratuita a partir de junho


A partir de 15 de junho, os utilizadores de comunicações móveis que viajem para outros países na UE poderão telefonar, enviar mensagens de texto ou navegar na Internet sem custos adicionais.

JusNet 446/2017

O último requisito para abolir as taxas de itinerância aplicadas às comunicações móveis foi preenchido, uma vez que o Conselho adotou o ato legislativo que limita quanto é que os operadores podem cobrar uns aos outros para permitirem a itinerância em toda a Europa.

"A votação final que teve lugar no Conselho abre caminho à itinerância gratuita", afirmou Emmanuel Mallia, Ministro da Competitividade e da Economia Digital, Marítima e dos Serviços de Malta. "Este verão, quando os europeus forem de férias, poderão usufruir da liberdade de poderem manter-se em contacto e utilizar a Internet como se estivessem no seu país. A UE está a tornar as nossas vidas mais fáceis, em aspetos muito práticos."

A itinerância sem sobretaxas, ou a itinerância a tarifas nacionais, destina-se às pessoas que vivem na Europa e que viajam para outros países da UE por motivos de trabalho ou lazer. Será também introduzida na Islândia, no Listenstaine e na Noruega pouco depois de 15 de junho.

A itinerância a tarifas nacionais pretende facilitar as comunicações durante as viagens. Não se destina a permitir a itinerância permanente no âmbito da qual um cliente escolheria uma assinatura no país onde esta fosse mais barata para a usar para fins de itinerância no seu próprio país.

(...)

Sem comentários: