[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Energia EUA apontam Portugal como porta de entrada de gás na Europa

  




Dinheiro Vivo/Lusa
 
 04.05.2017






Estados Unidos querem reforçar a cooperação com Portugal na área energética e defendem que o porto de Sines pode ser "uma porta de entrada".


Fotografia: Arquivo/Global Imagens
 

Os Estados Unidos querem reforçar a cooperação com Portugal na área energética e acreditam que o país, através do porto de Sines, pode ser “uma porta de entrada” de Gás Natural Liquefeito norte-americano para a Europa e para a África. 

“Com as novas tecnologias, que tornam mais baratos e mais rápidos de construir os terminais flutuantes de Gás Natural Liquefeito, os preços do transporte estão a descer e Portugal pode tornar-se uma porta de entrada para a Europa e para África, à medida que as exportações [de GNL norte-americano] aumentam exponencialmente nos próximos anos”, afirmou esta quinta-feira a encarregada de negócios norte-americana em Portugal, Herro Mustafa.


A responsável da embaixada dos Estados Unidos em Portugal falava num almoço-debate da Câmara Americana de Comércio em Portugal sobre as opções e prioridades dos 100 primeiros dias da nova administração do Presidente Donald Trump. A colaboração com Portugal na área da energia, disse Mustafa, é uma delas.

“Temos em curso nos Estados Unidos uma revolução energética. Nos próximos anos seremos um dos maiores exportadores de gás do Mundo e estamos a explorar e a desenvolver novas oportunidades de cooperação [nesta área] em Portugal e na Europa”, explicou a diplomata.
 


 ()

Sem comentários: