[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Número de queixas dos portugueses sobre telecomunicações volta a crescer




Depois de terem diminuído, as reclamações sobre os serviços de telecomunicações voltaram a aumentar. As contas são da Anacom.

Número de queixas dos portugueses sobre telecomunicações volta a crescer
A entidade reguladora do sector recebeu 69,5 mil reclamações ao longo de 2016, um aumento de 9% face ao ano anterior, quando a tendência foi de redução.

São as comunicações eletrónicas quem motiva mais queixas, representando 83,6% do total recebido, valor que representa um aumento de 6% face a 2015. A taxa de reclamações foi de quatro reclamações por 1.000 clientes, mais 0,3 reclamações do que no ano anterior.

Dentro desta categoria, os assuntos mais reclamados foram “Venda do serviço” (15,7% do total), o “Cancelamento do serviço” (14,4%), “Equipamento” (10,8%), “Faturação” (10,5%) e “Avarias” (9,6%). 

A Anacom destaca ainda o aumento do número de queixas relacionadas com “Alteração das condições contratuais”, um indicador que registou mais 1.708 reclamações do que 2015, tendo subido do 10.º para o 6.º lugar no ranking dos assuntos mais reclamados.
 
(...)

Sem comentários: