[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Autoridades alemãs confiscaram 35 toneladas de spinners

karelinlestrange / Pixabay
-
“Levamos o material confiscado às autoridades competentes, que ainda vão decidir o que farão com ele. Não sabemos o que vai acontecer com os spinners. Podem ser destruídos, exportados ou ainda submetidos a novas regras, mas isso vai demorar algum tempo e depende dos organismos reguladores”, disse Christine Strass, porta-voz do aeroporto.

Segundo as autoridades aduaneiras alemão, o spinner, que foi criado com o propósito de ajudar crianças com autismo e défice de atenção ou hiperatividade, é um brinquedo potencialmente “inseguro”.

A porta-voz do aeroporto explicou em comunicado que o brinquedo pode significar uma ameaça, principalmente para as crianças pequenas. “As luzes LED podem desprender-se facilmente, por exemplo, e as crianças podem engoli-las”, explicou Strass.

Além disso, as autoridades alemãs dizem que o brinquedo não tem a marca CE (Conformidade Europeia), que indica que o produto cumpre os requisitos legais necessários para poder ser comercializado de acordo com a legislação europeia para saúde, segurança e proteção do meio-ambiente.
(...)

Sem comentários: