[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Bruxelas crítica estudo da REN sobre concessões atribuídas à EDP

 
 
 Economia

Comissão Europeia considera que a "metodologia proposta pela REN não constitui uma prática de mercado"

REN.
Site oficial
REN
A Comissão Europeia considerou que o estudo feito pela REN sobre o cálculo do possível valor económico resultante da extensão das concessões hidroelétricas em 2007, atribuídas pelo Estado português à EDP, não respeita as práticas de mercado.

"A metodologia proposta pela REN não constitui uma prática de mercado", lê-se num documento alargado publicado esta quarta-feira por Bruxelas com as justificações para a decisão tomada em meados de maio, quando considerou que a extensão das concessões hidroelétricas à EDP não foi auxílio estatal.

Daí, a Comissão Europeia sublinhou que "o preço da extensão proposto não pode ser aceite", apresentando um conjunto de razões para esta posição.

"A REN aplicou uma única taxa de desconto tanto para o valor residual como para os fluxos de caixa livres. Esta taxa de desconto assume que o CMPC [custo médio ponderado do capital] é dado pelo CMPC da EDP (6,6%). O CMPC deve, no entanto, ter em conta a rendibilidade requerida por um painel de investidores de um determinado setor num determinado país, para um certo tipo de projeto", destacou.
(...)

Sem comentários: