[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Incêndios provocam excesso de partículas no ar más para a saúde

 
 
Sociedade
 

Valor-limite diário foi excedido na região Centro, entre domingo e terça-feira. Associação ambientalista ZERO diz que falhou o aviso às populações para uso de máscara

Incêndio em Figueiró dos Vinhos, Leiria.
Lusa
Incêndio em Figueiró dos Vinhos, Leiria 
Os incêndios levaram a que nos últimos dias o valor-limite diário de partículas suspensas na atmosfera fosse ultrapassado na região centro, entre domingo e terça-feira, o que tem efeitos na saúde. É o alerta  da associação ZERO, que analisou os dados recolhidos nas estações de monitorização.

A elevada concentração de partículas suspensas no ar, potenciada pelos incêndios, tem efeitos na saúde humana no curto e longo prazo.

Pode causar ou aumentar problemas cardiorrespiratórios ou contribuir para o agravamento da mortalidade, devido à inalação dos seus compostos tóxicos.

A organização não-governamental adverte que, em caso de níveis elevados de partículas suspensas, é fundamental o uso de máscara como proteção respiratória.

(...)

Sem comentários: