[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

terça-feira, 13 de junho de 2017

Metade dos lesados do BES pode só receber a primeira tranche

 
Economia
por / VC 
 
13-062017

Mecanismo de compensação encontrado prevê pagamento por várias fases, mas dos quase 2.000 clientes que aceitaram aderir à solução, cerca de 1.000 poderão não ver o dinheiro que era suposto receberem todo devolvido

BES: lesados manifestam-se em Vilar Formoso
BES: lesados manifestam-se em Vilar Formoso 
Aceitaram o mecanismo de compensação 1.937 lesados do papel comercial vendido pelo BES, mas sabe-se agora que cerca de metade, 1.000, portanto, poderão vir a ter direito só à primeira tranche da indemnização.

Fontes ligadas a este processo, e que são citadas pela Lusa, explicaram que em causa está o facto de esses clientes terem colocado apenas ações judiciais a reclamar créditos junto do BES e das empresas ESI (Espírito Santo International) e Rioforte, que emitiram o papel comercial, mas não contra outras cerca de 40 entidades e pessoas que também podem ser processados por serem solidariamente responsáveis na emissão e venda do papel comercial, como administradores de empresas do grupo Espírito Santo, auditoras, consultores externos ou seguradoras e seus respetivos administradores.

Os direitos judiciais ainda podem ser assegurados até 7 de julho, mas sem isso os clientes não terão a garantia de que receberão até 75% do valor investido e perdido. Só têm como certo cerca de 30% da indemnização. 

De acordo com as mesmas fontes, o modo mais fácil de os clientes lesados do papel comercial vendido pelo BES garantirem os seus direitos seria o fazerem notificações judiciais que interrompam os prazos de prescrição.
(...)

Sem comentários: