[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

terça-feira, 6 de junho de 2017

Pacotes de serviços conquistam 245 mil subscritores num ano



No final do 1.º trimestre de 2017, 87 em cada 100 famílias dispunham de um pacote de serviços de comunicações eletrónicas. O número de subscritores destas ofertas atingiu 3,55 milhões (mais 35 mil que no trimestre anterior e mais 245 mil face ao trimestre homólogo).

Em termos de modalidades, a oferta em pacote mais popular continuou a ser a oferta 5P (BLF+STF+TVS+STM+BLM), com 1,47 milhões de subscritores (41,3%), seguindo-se a modalidade STF+BLF+TVS, com 1,46 milhões de subscritores (41%). A evolução do número de subscritores de serviços em pacote resultou do aumento dos pacotes 3P (mais 36 mil subscritores) e dos 5P (mais 25 mil subscritores).

No 1.º trimestre, as receitas dos serviços em pacote foram de 440 milhões de euros (mais 6% em comparação com o mesmo período do ano anterior). A receita média mensal por subscritor situou-se nos 41,57 euros (em quebra de 1,6% face ao período homólogo).

No trimestre em análise, o Grupo NOS registou pela primeira vez a quota de subscritores mais elevada (39,4%), seguindo-se a MEO (39,2%) e a Vodafone (16,4%), que foi o prestador que mais cresceu durante o trimestre em análise. O Grupo Apax tinha 5%. Já em termos de receitas, a MEO tinha uma quota de 41,8%, seguindo-se o Grupo NOS com 39,9%, a Vodafone com 14,2% e o Grupo Apax tinha 4%.
(...)

Sem comentários: