[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Quem não devolver os manuais escolares, não terá livro no 2.º ano


Paulino Coelho


22.Jun.2017

No final deste primeiro ano do programa de gratuitidade e reutilização de livros, há muitos pais com dúvidas face a várias informações contraditórias. A Renascença esclarece.
Manuais escolares. Quem não devolver, não terá livro no 2º ano

Depois de o Estado ter cedido manuais escolares aos cerca de 80 mil alunos do primeiro ano do primeiro ciclo, chegou o momento da devolução. Por isso, os pais estarão a receber indicações das escolas sobre como devem proceder. Mas têm-se levantado dúvidas sobre um eventual pagamento no caso de os alunos quererem manter os livros. 

Na Manhã da Renascença, a secretária de Estado adjunta e da Educação garantiu que quem não entregar os manuais (porque se extraviaram, por exemplo) não tem de os pagar. 

“Nesses casos, que consideramos neste momento extremos, os pais não receberão o livro equivalente do segundo ano. Mas isso é algo que terá de ser analisado caso a caso e, de acordo com a circular que enviámos, será em casos muito residuais”, afirmou. 

Alexandra Leitão sublinha que esta regra não se aplicará aos “alunos da acção social escolar”.
A reutilização dos manuais “é algo necessário à sustentabilidade orçamental da medida”, refere a secretária de Estado, mas também “um valor em si mesmo em termos ambientais, civilizacionais e até de respeito pelo livro”.
(...)

Sem comentários: