[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Saúde. Apesar dos incentivos, só 81 médicos foram para zonas do interior

por: Laura Ramires
26/06/2017
 
 O tempo de contrato foi reduzido e os incentivos financeiros aumentados, bem como os dias de férias, mas nem isso foi suficiente para cumprir meta definida pelo governo


 
 


Shutterstock

Apesar de ter sido reduzido o tempo de contrato a prazo de cinco para três anos, aumentados os incentivos financeiros de 21 mil para 36 mil euros brutos – o que se traduz num vencimento superior em 40% –, concedidos mais dias de férias e preferência na colocação do cônjuge, apenas 81 médicos aderiram ao programa de incentivos para exercerem a sua especialidade em zonas mais periféricas e do interior.

Segundo dados da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), entre os 81 clínicos destacam-se especialistas em medicina interna, pediatria, cardiologia, ortopedia, ginecologia/obstetrícia, urologia, cirurgia geral e médicos de família que se encontram distribuídos por centros hospitalares da Cova da Beira, Algarve, Médio Tejo, Oeste e nas Unidades Locais de Saúde (ULS) da Guarda, Nor-deste, Litoral Alentejano e Norte Alentejano.

(...)

Sem comentários: