[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quarta-feira, 28 de junho de 2017

SNS está sem capacidade de resposta para a população portuguesa



Serviço Nacional de Saúde

Autor:
Agência Lusa
28-06-2017
 


O Serviço Nacional de Saúde está sem capacidade de resposta para a população portuguesa e o seu código genético enquanto serviço para todos os portugueses já não consegue ser cumprido.
Tendo por base dados de 2014 e 2015, o observatório indica que as "barreiras no acesso aos cuidados de saúde permanecem relevantes em Portugal", sendo muito marcadas por fatores socioeconómicos
MARIO CRUZ/LUSA
O Serviço Nacional de Saúde está sem capacidade de resposta para a população portuguesa e o seu código genético enquanto serviço para todos os portugueses já não consegue ser cumprido, afirmou esta quarta-feira o bastonário dos Médicos.

Num comentário ao Relatório de Primavera do Observatório Português dos Sistemas de Saúde, o bastonário da Ordem dos Médicos considerou inadmissível que exista “grandes desigualdades de acesso aos cuidados de saúde” por parte da população.
"As duas velocidades [no acesso à saúde] são as duas a que tem funcionado o Ministério da Saúde. Continuamos, em Portugal, com grandes desigualdades em termos daquilo que é o acesso aos cuidados de saúde da população. Não é a mesma coisa aceder à saúde nos distritos de Vila Real, de Bragança, do Porto ou de Lisboa”, lamenta Miguel Guimarães, em declarações à agência Lusa.
Para o bastonário, a “deficiência grande em capital humano”, em equipamentos, em materiais e de muitas estruturas físicas “leva a que o SNS não tenha, neste momento, capacidade de resposta para a população portuguesa”.
(...)
Mais sobre:   Ordem dos Médicos,  Serviço Nacional de Saúde,  Médicos,  Saúde,  País

Sem comentários: