[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

terça-feira, 27 de junho de 2017

Tarifa social da água será alargada, mas descontos serão arbitrários


 
 
Economia
por: / VC

 27-06-2017

Vai continuar a haver diferenças entre concelhos, segundo a proposta do Governo que alarga esta tarifa a todo o país. Saiba se o seu município aplica a medida para as famílias mais carenciadas



A proposta do Governo que alarga a tarifa social da água a todo o país pode, afinal, não garantir a igualdade para todos. É que os municípios vão ter a liberdade para a introduzir ou não e, também, para definir o valor do desconto a dar às famílias carenciadas. Não há, sequer, um teto mínimo previsto.   

Segundo o diploma consultado pelo Jornal de Notícias, e que o diário diz que já teve luz verde da Associação Nacional de Municípios, deduz-se, então, que vai continuar a haver diferenças entre concelhos

Terão direito à tarifa social da água para famílias com baixos rendimentos e aqueles que ganhem menos do que o salário mínimo (menos do que 414,86 euros por mês) ou que recebam o Rendimento Social de Inserção ou pensões sociais, por exemplo.

No caso de uma família com um filho, só conseguirá ter direito se o rendimento do agregado for inferior a 622,28 euros. Com dois filhos, o rendimento mensal da família não pode exceder os 829,71 euros. 
(...)

Sem comentários: