[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Tudo o que deve saber sobre as novas substâncias psicoativas



Atualidade

 
 

As novas substâncias psicoativas, também conhecidas como "drogas legais", são cada vez mais utilizadas pelos jovens europeus.

O que são as “novas substâncias psicoativas”?
As novas substâncias psicoativas, também conhecidas como "drogas legais" são substâncias nocivas muitas vezes utilizadas na UE como alternativas às drogas ilegais como a cocaína e o ecstasy, especialmente pelos jovens.

Para que servem?
Estas novas substâncias psicoativas podem ser utilizadas de forma legítima no setor farmacêutico, na indústria química ou nos setores de tecnologia de ponta. Quando consumidas como drogas, estimulam ou deprimem o sistema nervosa central, causando alucinações, alterações na função motora, comportamento, perceção, e humor.

Onde podem ser adquiridas?
São vendidas em lojas “especializadas”, na Internet ou através de traficantes de drogas.

São muito populares?
O consumo das novas substâncias psicoativas parece estar a crescer na Europa. São consumidas sobretudo pelos mais jovens. De acordo com o Eurobarómetro "Atitudes dos jovens face às drogas” de 2014, cerca de 8% dos jovens europeus já utilizaram este tipo de substâncias pelo menos uma vez na sua vida (5% em 2011). As percentagens mais elevadas registam-se na Irlanda (22%), Espanha e Eslovénia (ambos com 13%). Em Portugal 7% dos jovens afirmam  ter utilizado este tipo de substâncias pelo menos uma vez.

Porque é que são consideradas um problema?
 
(...)

Sem comentários: