[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

terça-feira, 18 de julho de 2017

Adoçantes artificiais podem aumentar risco de obesidade e doença cardíaca

Notícias ao Minuto

por: Vânia Marinho

18-07-2017

 

Estudo revela que os adoçantes artificiais ou não nutritivos podem ter efeitos negativos no metabolismo, no microbioma e no apetite.

Adoçantes artificiais podem aumentar risco de obesidade e doença cardíaca
Os adoçantes artificiais são substitutos do açúcar que oferecem um sabor doce como o açúcar enquanto têm muito menos (ou nenhumas) calorias. Um novo estudo sugere que, a longo prazo, os adoçantes artificiais podem estar ligados a um risco aumentado de ganho de peso, obesidade e de doença cardíaca.

As conclusões do estudo realizado por investigadores da Universidade de Manitoba, no Canadá, mostram que os adoçantes artificiais ou não nutritivos – como aspartame, sucralose e stevia – podem ter efeitos negativos no metabolismo, no micribioma e no apetite.
 
(...)

Sem comentários: