[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Energia eólica vendida 236% mais cara, mas não há falta de procura

Portugal até poder ser exemplo de aproveitamento de energias limpas, mas os encargos pesam nas faturas da luz. Toda a a energia continua vendida porque é a primeira no sistema elétrico.


A energia produzida em parques eólicos é vendida a um preço 236% mais caro do que a eletricidade comercializada no mercado livro, de acordo com dados da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) a que o Jornal de Notícias teve acesso. Apesar do elevado valor, toda a a energia é vendida já que esta é a primeira no sistema elétrico. 

No ano passado, o preço médio da energia eólica foi de 93,2 euros por mega watt/hora, enquanto o preço médio de mercado foi 39,4 euros. A diferença paga pelos portugueses foi de 53,76 euros para beneficiar o uso de energia renováveis. Apesar de Portugal ser um exemplo de aproveitamento de energias limpas, os encargos pesam nas faturas da luz. Cerca de 44% do total é usado para este tipo de custos extra, de acordo com o JN. 

(...)

Sem comentários: