[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Incentivos para produtos mais duradouros e reparáveis na UE

O Parlamento Europeu propôs uma série de medidas para que os consumidores possam beneficiar de produtos com um ciclo de vida mais longo, de elevada qualidade e reparáveis.

Os eurodeputados pedem à Comissão, aos Estados-Membros e aos fabricantes que adotem iniciativas para prologar a vida útil dos produtos, abordando a questão da “obsolescência programada”.
O PE recomenda a definição de “critérios de resistência mínimos” relativos à robustez, à capacidade de reparação e de evolução, por categoria de produto, desde a respetiva conceção.
No caso de o período de reparação ser superior a um mês, a garantia deve ser prorrogada por um período equivalente ao tempo necessário para efetuar a reparação, diz o relatório, aprovado por 662 votos a favor, 32 contra e duas abstenções.
A assembleia europeia sugere também que sejam dados incentivos a nível nacional para promover produtos duradouros e reparáveis e para estimular o setor da reparação e a venda em segunda mão. Estas medidas poderão ajudar na criação de emprego e na redução dos resíduos. Ler mais (...)

 

Sem comentários: