[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Aviação civil reportou 16 incidentes com 'drones' desde janeiro, quatro este mês



(28-7-2017 | Lusa)

A aviação civil reportou até 28 de julho 16 ocorrências com ‘drones’ desde a entrada em vigor do regulamento, em 13 de janeiro, quase todos nas proximidades dos aeroportos de Lisboa e do Porto, segundo a Autoridade Nacional da Aviação Civil

JusNet 726/2017

De acordo com dados da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), este mês houve quatro incidentes com ‘drones’ (veículo aéreo não tripulado) reportados pela aviação civil, em que estes aparelhos violam o regulamento e aparecem na vizinhança, nos corredores aéreos de aproximação aos aeroportos ou na fase final de aterragem, a 400, 700, 900 ou a 1.200 metros de altitude, segundo alguns destes relatos.

Dois dos últimos incidentes com ‘drones’ aconteceram na tarde de 10 de julho, no Porto, e na manhã seguinte, em Lisboa: A 10 de junho um Airbus 320 da Brussels Airlines “passou por um ‘drone’ que estava à sua direita”, a 1.800 metros de altitude, pelas 13:45, pouco depois de ter descolado do Aeroporto do Porto, disse fonte aeronáutica à Lusa.

Pelas 08:00 de 11 de julho, na zona de Alcântara, um Embraer 190 da TAP, proveniente de Nice, em França, reportou um ‘drone’ a 600 metros de altitude, quando se preparava para aterrar no Aeroporto de Lisboa.

De acordo com dados fornecidos pelo Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários, as 16 ocorrências aconteceram próximo dos Aeroportos de Lisboa e do Porto, havendo também registos de dois destes incidentes no Aeródromo Municipal de Cascais.
(...)

Sem comentários: