[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Bancos centrais detêm um quinto da dívida dos governos

A análise do "Financial Times" refere que o valor que é quatro vezes superior ao período pré-crise.

Ralph Orlowski/Reuters
 
Os principais bancos centrais do mundo detêm um quinto da dívida total dos governos em que se inserem, apurou uma investigação do Financial Times divulgada esta quarta-feira. 

A análise do FT conclui que seis bancos centrais – o Sistema de Reserva Federal dos Estados Unidos (FED), o Banco Central Europeu (BCE), o Banco do Japão (BoJ) e o Banco da Inglaterra (BoE) e os bancos centrais suíço e sueco – detêm atualmente mais de 15 milhões de dólares em ativos, um valor que é quatro vezes superior ao período pré-crise. 

Os maiores bancos centrais realizaram compras de títulos em grande escala com o objetivo de impulsionar a economia global, reduzindo os custos de empréstimos para famílias e para empresas, assim que começou a crise financeira, resultando nos tais 15 milhões de dólares.

Deste montante, mais de 9 milhões de dólares são títulos do governo. Por exemplo, conforme nota o jornal britânico, recentemente, o balanço do BCE superou o da FED em termos de dólares – neste momento, a instituição liderada por Mario Draghi tem 4,9 milhões de ativos, incluindo quase 2 milhões de dólares em títulos de governo da zona euro.
 
(...)

Sem comentários: