[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Depósitos a prazo rendem cada vez menos e a oferta é muito curta

Notícias ao Minuto 

por: Bruno Mourão

03-08-2017

 

Um relatório publicado esta manhã pelo Banco de Portugal revela que as taxas de retorno para os clientes da banca estão em mínimos históricos graças à política monetária do BCE.

Economia
Banco de Portugal
© Dinheiro Vivo
Depósitos a prazo rendem cada vez menos e a oferta é muito curta

Não é uma surpresa para quem costuma olhar para os bancos à procura de uma alternativa para ganhar dinheiro em depósitos a prazo, mas é ainda assim uma confirmação evidente dos efeitos da política europeia no que toca às taxas de juro. 

"No final de 2016, todos os depósitos a prazo simples eram comercializados a taxa fixa. As taxas de remuneração praticadas diminuíram na maioria dos prazos. Cerca de 90% dos depósitos a prazo comercializados para o público em geral apresentavam uma taxa anual nominal bruta (TANB) igual ou inferior a 1% (86% em 2015); 72% dos depósitos comercializados tinham TANB inferior a 0,5% (57% em 2015)", revela o Banco de Portugal no Relatório de Acompanhamento dos Mercados Bancários de Retalho referente a 2016.
(...)

Sem comentários: