[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Quase meio milhão de pacemakers correm risco de 'hacking'

Os equipamentos podem ser invadidos por hackers, que podem depois controlar o ritmo cardíaco ou esgotar a bateria.

Quase meio milhão de pacemakers correm risco de 'hacking' 
© Abbott / St Jude Medical


in "TECHaominuto" 
31.ago.2017

A US Food and Drug Administration emitiu um aviso onde reporta que quase meio milhão de pacemakers estão vulneráveis a invasão por parte de hackers. Ao invadirem os pacemakers, os hackers podem controlar o ritmo cardíaco e até esgotar a energia das baterias.
Diz o The Guardian que os pacemakers foram todos fabricados pela empresa St. Jude Medical que já garantiu que está a trabalhar numa atualização de software para corrigir a vulnerabilidade. Todas as unidades que lançadas a partir desta semana já terão esta versão do software, não sendo mais vulneráveis a invasões de hackers.
Nota o The Verge que a St. Jude Medical foi adquirida pela Abbott em janeiro, a qual já tem um historial de pacemakers com falhas de segurança.

Sem comentários: