[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Quase metade das crianças portuguesas com seis anos já tem cáries dentárias

16-08-2017

Saúde 
Imagem Desdobramento
 
O estudo “Caries prevalence and treatment needs in young people in Portugal: the third national study” revelou que 45% das crianças portuguesas até aos seis anos apresenta cáries dentárias. Os resultados demonstram a importância de programas específicos de tratamento para este escalão etário, evitando que o problema alastre aos dentes definitivos.
Embora o número seja inferior ao registado em 2006, altura em que rondava os 49%, Paulo Melo, do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), garante que existem ainda “grandes necessidades de tratamento”, visto que uma percentagem de crianças desta idade e abaixo possuem cárie precoce de infância, “a forma mais grave de manifestação da cárie dentária”, que se traduz pela destruição total dos dentes. 

O estudo agora apresentado, no qual participaram mais de 3.700 crianças e jovens com seis, 12 e 18 anos, de Portugal Continental e das regiões autónomas, mostra também que 47% das crianças com 12 anos têm cáries dentárias. Nos jovens com 18 anos esse número sobe para 67,6%.

O investigador esclarece que estes resultados comprovam que a percentagem de crianças com cárie dentária tem vindo a diminuir de “forma muito expressiva”, atingindo “níveis muito satisfatórios”, particularmente nos indivíduos que têm beneficiado das atividades desenvolvidas no âmbito do Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral (PNPSO).

Consulte a notícia original, aqui. (...)

Sem comentários: