[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

SE O CARRO der problemas, “empandeire-o” de imediato




Se o carro novo lhe der problemas, não deixe que o reparem. Não ceda nem confie no concessionário da marca.
Exija logo, sem contemplações, ou a substituição por novo ou o fim do contrato com a devolução do veículo e a restituição do preço. Sem tirar nem pôr.
Para que, em caso de litígio a dirimir nos tribunais, não tenha de se haver com uma decisão surpreendente, que em tudo o prejudique. 

Vem isto a propósito da recusa do JUMBO CASCAIS em aceitar, no exercício do seu direito de garantia, a reclamada substituição de um mini-forno ali adquirido, por se ter verificado a sua inoperacionalidade no dia imediato ao da compra, aquando da segunda utilização.

Convém nos debrucemos sobre uma decisão do Supremo Tribunal de Justiça (Cons.ª Maria da Graça Trigo) lavrada a 17 de Dezembro de 2015, em litígio cujo bem em discussão era ainda mais valioso: um Mercedes-Benz modelo C250 CDI, Station Bluefficienc “novinho em folha”. Ler mais ()

Sem comentários: