[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Consumo de refrigerantes cai 25% em meio ano

Açúcar


Autor:
Marlene Carriço

O consumo de bebidas açucaradas caiu 25% entre fevereiro e julho, quando entrou em vigor a nova taxa sobre estes produtos, noticia o Jornal de Notícias. Ministério quer introduzir mais escalões.
Também a indústria se tem adaptado e já houve produtores a reduzir o teor de açúcar

Os portugueses parecem estar a reagir à introdução da taxa sobre refrigerantes e outras bebidas açucaradas. O secretário de Estado adjunto e da Saúde avançou ao Jornal de Notícias que a venda destes produtos caiu 25% entre fevereiro e julho deste ano, sendo que o consumo de bebidas menos açucaradas cresceu na mesma proporção.
Em fevereiro, as bebidas mais açucaradas representavam 45% do total das vendas e as menos açucaradas 55%, estavam muito próximas. Em julho, as mais açucaradas representavam 27% face a 73% das menos açucaradas. Em seis meses, um espaço muito curto, houve uma transferência grande do consumo, o que é muito positivo”, disse o secretário de Estado Fernando Araújo.
Por outro lado, o Estado já arrecadou 46,7 milhões de euros com este imposto e mantém, segundo o mesmo jornal, a meta dos 80 milhões no final do ano, tal como está inscrito no Orçamento do Estado para 2017. O governante avançou ainda que está em cima da mesa a introdução de mais um escalão, abaixo dos existentes, de forma a pressionar os produtores a reduzirem o açúcar.
(...)

Sem comentários: