[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Morreu o homem que evitou uma guerra nuclear

Terça-Feira - 19 de setembro de 2017 
Fundado em 29 de dezembro de 1864






1 / 3
Ex-tenente-coronel Petrov tinha tudo para começar um ataque nuclear da União Soviética contra os Estados Unidos

Stanislav Petrov a receber um prémio na Alemanha, em 2012
Foto: Reuters Alex Domanski
 <  (...>  

O ex-soldado soviético responsável por ter impedido que o mundo entrasse numa guerra nuclear em 1983, durante a Guerra Fria, morreu aos 77 anos. Stanislav Petrov morreu em Moscovo a 19 de maio, mas apenas agora a sua morte foi anunciada.

Petrov estava destacado no posto de comando soviético Serpukhov 15 a 26 de setembro de 1983 quando os monitores e painéis mostraram que os Estados Unidos acabavam de realizar um lançamento de mísseis. Na altura o tenente-coronel com 44 anos tomou a decisão de ignorar o alerta do sistema, que acabou por revelar-se um erro dos computadores.

O ex-militar tinha todos os motivos para alertar os superiores sobre o ataque, o que faria com que a União Soviética retaliasse, lançando também mísseis. Isto poderia ter sido o início de uma guerra nuclear.

Contudo, cinco minutos depois do primeiro alerta, Petrov decidiu ignorar os avisos. O que motivou a decisão do tenente-coronel? O instinto.
(...)

Sem comentários: