[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Políticas de biocombustíveis aumentam preços dos alimentos

18.Setembro.2017, segunda-feira
 
ZERO quer que Governo Português aceite diminuir meta europeia de biocombustíveis de culturas alimentares.

biocombustiveis

A ZERO, com base num estudo da Birdlife Europe & Central Ásia e a da Federação Europeia de Transportes e Ambiente, da qual é membro, alerta para o uso de biocombustíveis que fazem parte do gasóleo e gasolina que consumimos.

Uma análise do impacto das políticas dos biocombustíveis na União Europeia, conclui que as mesmas têm um enorme impacto negativo sobre o preço dos alimentos a nível global.

«Apesar dos esforços desesperados da indústria para negar o impacto que os biocombustíveis têm sobre o preço dos alimentos, um novo estudo mostra que existe um amplo consenso científico de que as políticas de biocombustíveis implicam aumentos mundiais do preço dos alimentos. O trabalho analisa mais de 100 estudos científicos relativos ao impacto no preço dos alimentos devido ao aumento da procura de biocombustíveis produzidos a partir de culturas alimentares», explica a Zero.

O aumento da procura de biodiesel «teve um grande impacto nos preços dos óleos vegetais na União Europeia (UE), como a colza, óleo de palma, soja e girassol – um aumento de 171% nos preços na UE por exajoule (EJ) de biodiesel produzido».
 
(...)

Sem comentários: