[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Portugueses valorizam mais economia local que restantes europeu

A atitude e comportamento das empresas é valorizada pelos consumidores, sendo que os consumidores não se importam de pagar mais por marcas comprometidas com diversidade e sustentabilidade.


O apoio à economia local é decisivo para os consumidores portugueses no momento de escolher que marcas comprar. Segundo um estudo da empresa de informação Nielsen, esse fator é importante para 86% dos portugueses, em comparação com a média dos europeus de 72%. No geral, os consumidores não se importam de pagar mais por marcas comprometidas com diversidade e sustentabilidade. 

A atitude e comportamento das empresas é valorizada pelos consumidores, sendo que, além do apoio à economia local, os portugueses destacam o suporte a causas ambientais (85%) e sociais (84%), bem como a prática de ações comerciais justas e transparentes (84%). No que diz respeito a produtos alimentares, os consumidores nacionais a importância de ingredientes ou sabores que vão ao encontro das suas culturas (72%) e religiões (55%). 

“Tal como temos vindo a observar nos últimos anos, o consumidor português mostra-se especialmente impactado por diversos atributos que vão muito além do preço”, explicou a retailer services director da Nielsen, Ana Paula Barbosa, em comunicado.

“Com melhorias significativas da propensão para o consumo e da confiança dos consumidores, esta tendência tem vindo a acentuar-se e há maior disponibilidade para pagar mais por atributos que cumpram as expetativas e necessidades de cada um”, continuou.
 
(...)

Sem comentários: