[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Primeiro verão sem tarifas de itinerância («roaming»)



Roaming

JusNet 814/2017
_______________________________________________________________________________
Síntese
Segundo um inquérito do Eurobarómetro Flash, a grande maioria dos cidadãos europeus reconhece as vantagens das novas regras, relativamente às tarifas de itinerância sem encargos adicionais, começamdo a mudar os seus hábitos quando se deslocam ao estrangeiro dentro da UE.
_________________________________________________________________________
Graças à nova regulamentação da UE em matéria de itinerância, em vigor desde 15 de junho de 2017, os consumidores podem utilizar o seu telemóvel quando viajam no estrangeiro dentro da UE sem tarifas adicionais, exatamente como se estivessem no seu país de origem.

Os resultados do inquérito revelam que 71 % dos Europeus têm conhecimento que as taxas adicionais de itinerância foram suprimidas e 72 % pensam que eles próprios - ou alguém que conhecem - beneficiarão com o fim dessas tarifas adicionais. O conhecimento das novas normas aumenta para 86 % entre os que viajaram após o dia 15 de junho.

Os viajantes começam a mudar de hábitos

O inquérito do Eurobarómetro Flash sobre itinerância foi realizado em finais de agosto, após o principal período de férias. Os resultados revelam que, neste verão — o primeiro sem tarifas de itinerância adicionais para os viajantes na UE — as pessoas começaram a mudar de comportamento quando utilizam o telemóvel no estrangeiro:

• A percentagem de viajantes que utilizou serviços de dados móveis em itinerância tão frequentemente como no seu país duplicou entre os que viajaram após 15 de junho de 2017 (31 %) em relação aos que tinham viajado nos meses anteriores (15 %);
• A percentagem de viajantes que nunca utilizou dados móveis no estrangeiro desceu para metade após 15 de junho de 2017 (21 %) em comparação com os meses anteriores a essa data (42 %).
• Em geral, a restrição no uso de telemóveis no estrangeiro está a diminuir, com menos viajantes a desligar os seus telemóveis (12 %) em comparação com a situação anterior a 15 de junho (20 %).
• No entanto, em comparação com a taxa de utilização de telemóveis no seu país de origem, 60 % dos viajantes ainda limitaram a sua utilização do telemóvel ao viajarem noutro país da UE após 15 de junho de 2017.

O impacto do fim das tarifas de itinerância na utilização de telefones por parte dos viajantes no estrangeiro é igualmente confirmado, em comparação com um inquérito Eurobarómetro de 2014Ver esta ligação noutra línguaEN•••, que revelou padrões de utilização dos telefones em itinerância ainda mais restritivos, como durante os meses anteriores a 15 de junho de 2017.

Os operadores registam um aumento da utilização de dados e de chamadas em itinerância

(...)

Sem comentários: