[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Apenas 42% dos portugueses consegue poupar mas por mês não vão além dos 280 euros

Os portugueses revelam ter dificuldades em manter o orçamento doméstico equilibrado e quanto à capacidade de poupar apenas 42% o consegue fazer.


Para comemorar o dia Mundial da Poupança, que se celebra amanhã, dia 31 de outubro, a Intrum Justitia, multinacional especializada em serviços de gestão de crédito, divulga alguns dados referentes à capacidade das famílias portugueses para gerirem o seu orçamento numa base mensal.

De entre os dados agora avançados, destacam-se os cerca de 58% dos portugueses que não consegue poupar dinheiro todos os meses, enquanto os restantes 42% diz que consegue poupar uma média de 281 euros por mês. Já em Espanha, os números são mais elevados, onde 54% diz conseguir poupar uma média de 375 euros, à semelhança da média europeia, com 50% a responder que as suas poupanças são de 326 euros por mês.

Daqueles que conseguem poupar, há mais de 74% dos portugueses que indica que esta poupança se destina a despesas imprevistas. Tal como em Portugal, em Espanha (76%) e na Europa (71%) a preocupação também é poupar para despesas imprevistas.

Esta análise aponta ainda que a recessão económica também alterou a atitude dos portugueses sendo que 69% reconhecem agora ser mais importante poupar dinheiro. Os portugueses são os que mais alteraram a sua atitude, pois em Espanha apenas 64% o reconhece e na Europa esse número desce para 43%.
(...)

Sem comentários: