[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Cancro da mama: Mulheres portuguesas são das que mais sobrevivem à doença





Relatório da OCDE mostra que as portuguesas são das que mais sobrevivem à doença, mas ainda assim "uma em cada nove mulheres vai ter um cancro de mama e um terço vai morrer da doença", frisam os investigadores. 
 
créditos: AFP
 
Portugal regista das mais baixas taxas de mortalidade na Europa, ao lado de Espanha, Estónia, Suécia e Finlândia. Segundo o último estudo global que estuda a prevalência da doença, o relatório da OCDE "Health at Glance: Europa 2016", o acesso a programas de deteção precoce dos tumores é uma das chaves deste sucesso nacional no panorama mundial.

O carcinoma da mama fez menos de 30 vítimas mortais por cada 100 mil mulheres, quando a média na Europa a 28 rondou as 33,2 vítimas.

"Uma em cada nove mulheres vai ter um cancro da mama e um terço vai morrer da doença", alertam ainda assim os investigadores.

Segundo o estudo, a sobrevivência está diretamente relacionada com os programas de rastreio nacional. Enquanto na Europa, a cobertura varia entre os 54% e 63%, em Portugal os valores ultrapassam os 80% na população feminina.
(...)

Sem comentários: