Um novo estudo da Kaspersky Lab a empresas europeias revelou diferentes níveis de preparação para o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) e Portugal está entre os menos preparados, apenas à frente da Noruega e da Bélgica.

A menos de nove meses da implementação, os especialistas de TI em Portugal admitem não estar totalmente prontos para receber o novo regulamento (26%). O mesmo acontece com os decisores de TI da Noruega (25%) e da Bélgica (18%), país onde o regulamento foi criado, e que ocupa o último lugar em todos os aspetos do GDPR.

Inversamente, o Reino Unido (que anunciou a saída da UE) lidera os preparativos (82%), juntamente com a França (82%), seguida da Alemanha e da Itália (85%) e da Espanha (84%).

O estudo foi feito junto de mais de 2.000 decisores de TI em organizações com mais de 50 colaboradores de 11 países europeus: Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Espanha, Portugal, Bélgica, Holanda, Suécia, Dinamarca e Noruega.

(...)