[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Peer to Peer

O que são?

Os serviços Peer-to-Peer (P2P) são sistemas que permitem a partilha de ficheiros entre utilizadores de forma directa, isto é, sem existir um alojamento centralizado do ficheiro em questão. É precisamente o facto de essa troca ser realizada de um computador para outro, sem intermediários, que dá origem ao nome do serviço.
Existem vários serviços de P2P disponíveis para serem descarregados na Internet e, a grande maioria, é utilizada para a partilha de ficheiros de vídeo, áudio, programas e software. Uma característica de uma rede P2P é a fácil troca de papéis de um computador (ou outro tipo de unidade de processamento), assumindo muitas vezes o papel de cliente e de servidor, dependendo se o sistema se encontra a descarregar ficheiros ou a partilhá-los.

Estes sistemas têm sido alvo de algumas críticas por parte de diversas entidades, por se considerar que, ao permitir a partilha de certos dados, tais como músicas e filmes, estão a ser violados vários direitos de autor e a fomentar a pirataria.

Para utilizar um sistema Peer-to-Peer, o utilizador necessita de instalar o software apropriado. Existem vários serviços gratuitos disponíveis para serem descarregados na Internet, tendo cada um deles o seu sistema de funcionamento próprio.

Ao instalar um serviço de P2P, o utilizador está a permitir que outros utilizadores tenham acesso a ficheiros específicos, possibilitando ao sistema a sua consulta e partilha.

O que pode correr mal?

Ao utilizar os sistemas de P2P, o utilizador fica exposto
 a alguns riscos, nomeadamente: 

(...)

Sem comentários: