[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Poluição provoca seis mil mortes em Portugal, alerta União Europeia

"Lisboa, Porto e Braga continuam a ter zonas de ultrapassagem dos valores-limite de poluentes atmosféricos", indica o relatório "A qualidade do ar na Europa".


O número de mortes prematuras em Portugal está aumentar, alerta o último relatório da Agência Europeia do Ambiente, a que o Correio da Manhã teve acesso.

Por ano são cerca de seis mil mortes no país, valores que levam a associação Zero a defender medidas de “redução das emissões de carbono e de outros poluentes”, acrescentando que “Lisboa, Porto e Braga continuam a ter zonas de ultrapassagem dos valores-limite de poluentes atmosféricos”.
O relatório “A qualidade do ar na Europa” mostra que a maior parte das pessoas que vive em cidades está exposta à má qualidade do ar, segundo as diretrizes da Organização Mundial de Saúde.

Em 2014 morreram de forma prematura em Portugal 517 pessoas, por inalação de elevada concentração de partículas finas, 610 por contacto com dióxido de azoto e 280 pela presença de ozono, escreve o CM. 

Nos países da União Europeia foram contabilizados 487 mil mortes prematuras, segundo o último relatório da Agência.
(...)

Sem comentários: